Política

Bolsonaro é alvo de denúncias à ONU por ataques contra mulheres jornalistas

07 de Julho de 2020 às 11h51 - Por: Redação PNotícias Foto: Reprodução | Agência Brasil
[Bolsonaro é alvo de denúncias à ONU por ataques contra mulheres jornalistas]

Serão denunciadas um total de 54 ofensivas do presidente contra as profissionais

O presidente Jair Bolsonaro é, mais uma vez mais, denunciado no Conselho de Direitos Humanos. Desta vez, o ato se refere a seus ataques contra mulheres jornalistas. No total, entidades vão relatar em Genebra 54 casos de ofensivas do governo contra as profissionais. 

Mais uma vez, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), foi alvo de denúncia ao Conselho dos Direitos Humanos. O motivo são os ataques do chefe do Executivo contra mulheres jornalistas. O ato contabiliza 54 casos de ofensivas do governo contra as profissionais, a serem relatados em Genebra. 

Um dos fatores cruciais pra motivação da denúncia foi a apresentação da violência contra mulheres jornalista nesta semana,  apresentada na entidade como tema da relatora especial das Nações Unidas, Dubravka Simonovic, sobre a Violência contra a Mulher, suas Causas e Consequência. Um informe detalhado apresentado pela jurista revela como governos têm usado instrumentos para desonrar, desacreditar e humilhar as jornalistas.

O caso brasileiro da jornalista Bianca Santana deve ser usado como prova das agressões nesta terça-feira (7). Em maio, ela foi acusada pelo presidente de escrever “fake news” ao publicar um artigo sobre a relação entre familiares e amigos de Bolsonaro com os acusados de envolvimento no assassinato da vereadora Marielle Franco. 

Bianca fala em nome de entidades como Agência de Notícias Alma Preta, Artigo 19, Casa Neon Cunha, Coalizão Negra por Direitos, Cojira-SP - Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial de São Paulo, Federação Nacional dos Jornalistas, Instituto Marielle Franco, Geledés - Instituto da Mulher Negra, Gênero e Número, Instituto de Desenvolvimento e Direitos Humanos, Instituto Vladimir Herzog, Intervozes - Coletivo Brasil de Comunicação Social e Marcha das Mulheres Negras de São Paulo.

A denúncia também está sendo apoiada pela Rede Nacional de Proteção a Comunicadores, Repórteres Sem Fronteiras, Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo, Sempreviva Organização Feminista, Terra de Direitos e Uneafro Brasil.

De acordo com a profissional, desde o início do atual governo, as jornalistas foram atacadas pelo presidente ou seus ministros por, pelo menos, 54 vezes. "O Estado brasileiro tem a obrigação de garantir um ambiente seguro para as mulheres jornalistas", aponta Bianca. 

"As organizações apontam também a gravidade de um cenário em que agressões são reafirmadas, legitimadas e praticadas por autoridades públicas, inclusive pela cúpula do governo federal, violando obrigações assumidas internacionalmente pelo Estado brasileiro", relatou o grupo. 

“Os casos, que articulam declarações públicas, ataques virtuais e consequências concretas na vida e na saúde de mulheres comunicadoras, criam um ambiente ainda mais hostil para o exercício da atividade profissional das jornalistas, para a liberdade de imprensa e para a participação de mulheres no espaço público", pontuam as denúncias. 

Comentários

Outras Notícias

[Bruno Reis lidera intenções de votos para prefeitura de Salvador e Major Denice dispara:
Política

Bruno Reis lidera intenções de votos para prefeitura de Salvador e Major Denice dispara: "campanha não teve início"

05 de Agosto de 2020

Candidata do PT amargou 4% dos votos na pesquisa estimulada

[Presidente da Câmara de Vereadores de Mutuípe denuncia funcionária fantasma na prefeitura]
Política

Presidente da Câmara de Vereadores de Mutuípe denuncia funcionária fantasma na prefeitura

05 de Agosto de 2020

De acordo com relato, “ninguém nunca viu” servidora que recebe salário desde 2017

[João Bahia aparece na dianteira e deixa atual prefeito de Amélia Rodrigues para trás em pesquisa eleitoral]
Política

João Bahia aparece na dianteira e deixa atual prefeito de Amélia Rodrigues para trás em pesquisa eleitoral

05 de Agosto de 2020

Prefeito Paulo Falcão aparece com o maior índice de rejeição, segundo o levantamento

[Flávio Bolsonaro defende Aras e critica Lava Jato: “Algumas pessoas ali têm interesse político ou financeiro”]
Política

Flávio Bolsonaro defende Aras e critica Lava Jato: “Algumas pessoas ali têm interesse político ou financeiro”

05 de Agosto de 2020

Senador comentou também sobre ter mandado Queiroz, “por ventura”, pagar contas

[Em nova versão, Queiroz diz novas datas de conversas com Jair e Flávio Bolsonaro]
Política

Em nova versão, Queiroz diz novas datas de conversas com Jair e Flávio Bolsonaro

05 de Agosto de 2020

Depoimento indica contradições em relação ao contato com família Bolsonaro

[Ministro exonera diretor de secretaria de operações integrada]
Política

Ministro exonera diretor de secretaria de operações integrada

04 de Agosto de 2020

André Mendonça quer sindicância sobre trabalho da secretaria

Galeria

[Barragem se rompe e inunda ruas da cidade de Coronel João Sá]

Barragem se rompe e inunda ruas da cidade de Coronel João Sá

11 de Julho de 2019

Ver todas as galerias

Vídeos

[Prefeito de Itabuna afirma que reabertura do comércio vai acontecer “morra quem morrer”]

Prefeito de Itabuna afirma que reabertura do comércio vai acontecer “morra quem morrer”

03 de Julho de 2020

Ver todos os vídeos