Economia

IR 2020 não tem dedução de INSS de doméstico

13 de Janeiro de 2020 às 18h32 - Por: Redação PNotícias Foto: Agência Brasil
[IR 2020 não tem dedução de INSS de doméstico]

Há outros gastos que podem ser abatidos na declaração do IR, como despesas médicas ou com educação

Gastos com INSS, para quem possui empregada doméstica, não poderá deduzir do Imposto de Renda deste ano. A mudança já havia sido anunciada pela Receita Federal em fevereiro do ano passado. Nenhum dos projetos de lei que tramitavam no Congresso tentando renovar o benefício foram adiante.

Criada em 2006, a dedução era temporária, válida até 2019. Segundo o UOL, a equipe econômica de Jair Bolsonaro, possui interesse no fim da dedução e quer diminuir os benefícios tributários, além de reformular o Imposto de Renda. 

Na declaração de IR de 2019, quem tinha empregado doméstico com carteira assinada pôde deduzir até R$ 1.200,32 referentes a contribuições previdenciárias do trabalhador durante 2018. Com o fim do benefício, o patrão perde o direito de descontar esse valor, o que significa um custo extra para manter um empregado doméstico com vínculo formal. Mudança, se ocorrer, será só em 2021º

O senado chegou a apresentar, em 2019, duas propostas para evitar que a dedução acabasse. Uma delas foi aprovada no Senado, mas ainda está em andamento na Câmara. É a proposta do senador Reguffe (Podemos-DF), que busca prorrogar a dedução até 2024. Já o projeto do senador Acir Gurgacz (PDT/RO), que está na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, pretende tornar a dedução permanente.

Caso as propostas avancem no Congresso, a dedução das contribuições previdenciárias com empregados domésticos pode voltar, mas só para a declaração do IR de 2021. O governo, no entanto, trabalha para que isso não aconteça.

Governo quer fim das deduções
O ministro da Economia, Paulo Guedes, defende que é melhor acabar com todas as deduções do Imposto de Renda e diminuir as alíquotas cobradas. Segundo ele, as deduções beneficiam principalmente quem tem mais dinheiro, e não os mais pobres.

"Você hoje bota uma alíquota de 27,5%, depois deixa o cara deduzir. Fica todo mundo em casa juntando papelzinho de dentista, papelzinho de médico", disse o ministro, em agosto do ano passado. "O pobre vai no sistema social, depois não recebe 'refunding' [reembolso] nenhum." 

Há outros gastos que podem ser abatidos na declaração do IR, como despesas médicas ou com educação. Essas deduções continuam válidas. Para acabar com elas, o governo terá que articular apoio no Congresso para aprovar sua proposta.
 

Comentários

Outras Notícias

[União conclui venda de ações excedentes do Banco do Brasil]
Economia

União conclui venda de ações excedentes do Banco do Brasil

27 de Janeiro de 2020

Operação arrecadou R$ 1,06 bi para os cofres públicos

[Petrobras reduz preço da gasolina e do diesel para distribuidoras]
Economia

Petrobras reduz preço da gasolina e do diesel para distribuidoras

23 de Janeiro de 2020

Novos valores começam a partir desta sexta-feira (24)

[Banco do Brasil recebe título de empresa brasileira mais sustentável]
Economia

Banco do Brasil recebe título de empresa brasileira mais sustentável

23 de Janeiro de 2020

Instituição conquistou nono lugar mundial entre grandes companhias

[BNDES anuncia venda de ações da Petrobras]
Economia

BNDES anuncia venda de ações da Petrobras

22 de Janeiro de 2020

Medida visa redirecionar recursos para áreas de interesse público

[Dólar ultrapassa R$ 4,20 e fecha no maior valor do ano]
Economia

Dólar ultrapassa R$ 4,20 e fecha no maior valor do ano

21 de Janeiro de 2020

Bolsa de valores caiu 1,54% em dia tenso no mercado

[Começa nesta segunda (20) pagamento do Bolsa Família]
Economia

Começa nesta segunda (20) pagamento do Bolsa Família

20 de Janeiro de 2020

Serão repassados R$ 2,5 bi para mais de 13 milhões de famílias

Galeria

[Barragem se rompe e inunda ruas da cidade de Coronel João Sá]

Barragem se rompe e inunda ruas da cidade de Coronel João Sá

11 de Julho de 2019

Ver todas as galerias

Vídeos

[Assaltante beija idosa durante roubo à loja no Piauí]

Assaltante beija idosa durante roubo à loja no Piauí

18 de Outubro de 2019

Ver todos os vídeos