Bahia

Vaquejada de Serrinha lamenta associação ao uso de trabalho escravo apontado pelo MPT

04 de Outubro de 2019 às 18h40 - Por: Redação PNotícias Foto: Reprodução
[Vaquejada de Serrinha lamenta associação ao uso de trabalho escravo apontado pelo MPT]

Vaquejada foi incluída na "lista suja" divulgada pelo Ministério da Economia

Após ser incluída na "lista suja" de trabalho escravo divulgada pelo Ministério da Economia, a Vaquejada de Serrinha emitiu uma nota oficial esclarecendo sobre a suposta presença de trabalhadores em situação semelhante à escravidão. De acordo com o documento, 17 funcionários responsáveis por cuidar dos animais trabalhavam em condições precárias e alguns dormiam em redes no curral, mesmo lugar onde se alimentavam, ao lado das fezes dos animais. 

Na nota, a organização do evento disse que o caso se refere a um episódio isolado, em que supostamente foi detectada a presença de trabalhadores em desacordo com a Legislação Trabalhista. O texto fala também que a organização lamenta que tenha sido associada ao uso de mão-de-obra escrava, já que os fatos foram esclarecidos na época, inclusive sendo autorizada a manutenção do trabalho dos mesmos trabalhadores no evento. 

Confira abaixo a nota completa: 

"A organização da Vaquejada Parque Maria do Carmo, popularmente conhecida como Vaquejada em Serrinha, esclarece que os fatos noticiados sobre a inclusão da empresa na lista de trabalho escravo do MPT, refere-se a um episódio isolado ocorrido no ano de 2016, em que supostamente fora detectado a presença de trabalhadores em desacordo com a Legislação Trabalhista.

A organização lamenta que tenha sido associada ao uso de mão-de-obra escrava, já que os fatos já foram esclarecidos na época, inclusive sendo autorizada a manutenção do trabalho dos mesmos trabalhadores no evento. Afirma ainda que serão tomadas todas as medidas para obter a imediata exclusão de seu nome da lista suja do Ministério do Trabalho, por entender existirem equívocos que necessitam de esclarecimentos". 

Comentários

Outras Notícias

[Governo Federal retoma obras de 500 moradias em Santo Amaro]
Bahia

Governo Federal retoma obras de 500 moradias em Santo Amaro

04 de Julho de 2020

Residencial beneficiará 2 mil pessoas de baixa renda, além de gerar empregos na região

[Recém-nascido morre e família denúncia negligência do Hospital Regional de Eunápolis ]
Bahia

Recém-nascido morre e família denúncia negligência do Hospital Regional de Eunápolis

03 de Julho de 2020

Direção do hospital, por sua vez, nega as acusações

[ACM Neto homenageia profissionais da saúde durante Dois de Julho]
Bahia

ACM Neto homenageia profissionais da saúde durante Dois de Julho

02 de Julho de 2020

Para evitar aglomeração, celebração contou apenas com presença de autoridades civis e militares e imprensa

[ACM Neto e Rui Costa participam de ato simbólico no Dois de Julho]
Bahia

ACM Neto e Rui Costa participam de ato simbólico no Dois de Julho

01 de Julho de 2020

Para evitar aglomerações, local será interditado com gradis

[Detran-BA retoma atendimento por agendamento em unidades do interior do estado; confira]
Bahia

Detran-BA retoma atendimento por agendamento em unidades do interior do estado; confira

23 de Junho de 2020

30 cidades do interior, que abrigam Ciretrans, já foram retomadas parcialmente as atividades

[Avião monitor cai em zona rural no interior da Bahia ]
Bahia

Avião monitor cai em zona rural no interior da Bahia

21 de Junho de 2020

Acidente aconteceu em São Desidério, no interior do estado

Galeria

[Barragem se rompe e inunda ruas da cidade de Coronel João Sá]

Barragem se rompe e inunda ruas da cidade de Coronel João Sá

11 de Julho de 2019

Ver todas as galerias

Vídeos

[Prefeito de Itabuna afirma que reabertura do comércio vai acontecer “morra quem morrer”]

Prefeito de Itabuna afirma que reabertura do comércio vai acontecer “morra quem morrer”

03 de Julho de 2020

Ver todos os vídeos