Coronavírus

Leo Prates afirma que orientação para lockdown em Salvador partiu de um técnico e não do Consórcio Nordeste

07 de Julho de 2020 às 14h23 - Por: Redação PNotícias (@portalpnoticias) Foto: Reprodução // Instagram
[Leo Prates afirma que orientação para lockdown em Salvador partiu de um técnico e não do Consórcio Nordeste]

Secretário municipal de Saúde concedeu entrevista ao programa PNotícias da Piatã FM nesta terça-feira (7)

Em meio às diversas especulações a respeito do retorno das atividades comerciais em Salvador, o secretário municipal de Saúde, Leo Prates, concedeu entrevista ao programa PNotícias da Piatã FM na manhã desta terça-feira (7) e comentou se, de fato, há chances disso acontecer. O secretário ainda se posicionou a respeito dos boatos de que o Consórcio Nordeste, presidido pelo governador Rui Costa (PT), seria a favor da implementação de um lockdown em Salvador. 

De acordo com Prates, a situação já está começando a melhorar: “Nós conseguimos uma estabilização mesmo num patamar muito alto, mas nós conseguimos estabilização dos indicies aqui em Salvador. A gente faz um apelo pra que as pessoas fiquem em suas casas porque a gente precisa desses últimos momentos pra poder voltar ao novo normal. A gente precisa, além dessa estabilização, reduzir os indicies dela e pra isso o isolamento social é fundamental”, explica. 

O secretário também comentou sobre o plano de reabertura comércio e garantiu que nem o governador Rui Costa, nem o prefeito ACM Neto vão tomar medidas impensadas, já que sempre colocaram a vida das pessoas acima de qualquer coisa: “Governar é escolher prioridades e a prioridade da prefeitura e do governo no momento é a vida. Nós só reabriremos com patamares seguros e que nós tenhamos segurança com relação a isso. Mas há sempre o risco. Hoje você tem o risco de, caso as pessoas não nos ajudarem, ter um lockdown. Amanhã, caso a gente encontre um indicie que justifique uma retomada, você tem o risco de voltar aos patamares atuais”, pontuou.

“A gente continua dizendo que nós estamos num momento de cuidado com a saúde pública e saúde pública não é só p governador, não é só o prefeito, somos todos juntos”, reiterou. 

Prates falou sobre as etapas previstas no protocolo de reabertura que, segundo ele, serão condicionadas: “É um plano extremamente responsável, talvez o mais responsável do país. O mais transparente do país porque nós colocamos claramente os patamares de reabertura e os indicadores que serão necessários pra essa reabertura”, conta. 

“Lembrando que eu corroboro com o prefeito quando ele diz que nós poderíamos já estar fazendo essa eventual retomada de parte da população, que não entende a necessidade do isolamento social, estivesse colaborando conosco. Tem casos de cidades no mundo que em 60 dias conseguiram reduzir os patamares que nós estamos alcançando agora, quase 120 dias depois. Então a gente precisa da colaboração das pessoas pra que esse período de restrições passe logo”, completou. 

O secretário falou ainda sobre atual situação da ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI): “Nós temos uma ocupação de 79%. É um patamar alto, que tem variado entre 78 e 84% de ocupação e a gente precisa reduzir. Só tem duas formas de você diminuir essa taxa de ocupação de leitos de UTI. Uma é reduzir a demanda e pra reduzir a demanda, a gente precisa da colaboração de todos e por isso a gente súplica, porque o governo do estado e a prefeitura estão fazendo sua parte. A outra forma de reduzir essas taxas é a ampliação e aí depende da prefeitura e do governo, o governo fará a parte deles e nós faremos a nossa parte”, garantiu. 

A respeito das especulações de que o Consórcio do Nordeste seria a favor do lockdown em Salvador, Leo Prates garantiu que a sugestão partiu de um técnico: “Eu não acho que é um ponto de discordância entre o consórcio e a prefeitura. Um técnico do consórcio falou isso, o consórcio é presidido pelo governador Rui Costa e o governador está muito afinado em termos de posições no enfrentamento à pandemia. Um técnico deu essa opinião e com toda humildade, eu me permito divergir dele”, relatou. 

“Eu não vejo cenário pra lockdown, como eu disse, nós estamos estabilizados em termos de indicadores. Nós não temos nem pré-colapso do sistema público de Saúde. Não sei da onde veio esse técnico, mas nem aqui entre os técnicos da Secretaria Municipal de Saúde há cenário pra um eventual lockdown e a tese dele me parece um pouco destoada da realidade porque um lockdown quer dizer um fechamento de tudo”, reiterou. 

“Nós estamos há 4 meses com restrições. Não adianta nós salvarmos as pessoas do coronavírus e matarmos de fome. Então, há todo o comércio de rua da cidade que servem para aqueles pais de família mais pobres, que está sendo fiscalizado pela prefeitura. Então esse técnico aí me parece um pouco descolado da realidade. O nosso desejo hoje é que a cidade possa fazer a sua retomada econômica, mas só faremos isso com indicadores seguros, discutidos”, afirmou o secretário. 

Ainda de acordo com ele, a retomada das atividades só será feita com toda segurança e responsabilidade que cabem aos órgãos públicos desde estado e dessa cidade. 

O secretário municipal de Saúde comentou sobre o novo protocolo do governo do estado que traz a antecipação de internação de pacientes com sintomas de Covid-19 e disse que este seria em razão do número de mortes pela doença:

“Isso foi discutido entre o prefeito ACM Neto, o governador Rui Costa e o secretário Fábio com a minha participação. Isso visa basicamente a duas coisas. Nós temos uma taxa de ocupação de leitos de UTI alta, ou seja, as pessoas estão procurando os hospitais e as UPAs quando já estão bastante agravadas. Aí é uma tentativa da antecipação, primeiro para salvar vidas e diminuir a ocupação de leitos de UTI porque se você começa a tratar antes, a tendência é de que essas pessoas tenha mais dificuldade em agravar, ou seja, de precisar de um leito de UTI”, afirmou.

Comentários

Outras Notícias

[Testes detectam 253 pessoas com Covid-19 em bairros com restrições em Salvador]
Coronavírus

Testes detectam 253 pessoas com Covid-19 em bairros com restrições em Salvador

12 de Agosto de 2020

Testes foram feitos em Mata Escura, Pirajá, Pernambués, Santa Cruz e Nordeste de Amaralina

[Vacina russa é batizada de “Sputnik V” e já foi solicitada por 20 países]
Coronavírus

Vacina russa é batizada de “Sputnik V” e já foi solicitada por 20 países

11 de Agosto de 2020

Putin afirma que imunização é eficaz; OMS não recomenda

[Bahia registra 4.670 novos casos de Covid-19 e 56 óbitos nas últimas 24 horas]
Coronavírus

Bahia registra 4.670 novos casos de Covid-19 e 56 óbitos nas últimas 24 horas

11 de Agosto de 2020

Taxa de ocupação dos leitos de UTI Covid é igual a 61%

[Brasil é um dos países com mais desinformações sobre Covid-19]
Coronavírus

Brasil é um dos países com mais desinformações sobre Covid-19

11 de Agosto de 2020

Índia, EUA, China, Espanha e Indonésia também aparecem no ranking

[Infectologista nega eficácia de qualquer remédio contra Covid-19 e dispara sobre vacina da Rússia: “Para mim, não existe”]
Coronavírus

Infectologista nega eficácia de qualquer remédio contra Covid-19 e dispara sobre vacina da Rússia: “Para mim, não existe”

11 de Agosto de 2020

Médico ainda diz que assunto não é questão de política: "Político não tem que tratar de medicina"

[Infectologista defende uso de termômetros em estabelecimentos: “Nada de errado, nada de inútil”]
Coronavírus

Infectologista defende uso de termômetros em estabelecimentos: “Nada de errado, nada de inútil”

11 de Agosto de 2020

Adriano Oliveira acredita que determinação da prefeitura está correta

Galeria

[Barragem se rompe e inunda ruas da cidade de Coronel João Sá]

Barragem se rompe e inunda ruas da cidade de Coronel João Sá

11 de Julho de 2019

Ver todas as galerias

Vídeos

[Prefeito de Itabuna afirma que reabertura do comércio vai acontecer “morra quem morrer”]

Prefeito de Itabuna afirma que reabertura do comércio vai acontecer “morra quem morrer”

03 de Julho de 2020

Ver todos os vídeos