Política

Governo pretende acabar com cotas para trabalhador com deficiência

03 de Dezembro de 2019 às 09h49 - Por: Redação PNotícias Foto: Wilson Dias // Agência Brasil
[Governo pretende acabar com cotas para trabalhador com deficiência ]

Projeto foi encaminhado ao Congresso

O governo Bolsonaro pretende acabar com as políticas de cotas para pessoas com deficiência ou reabilitadas e este projeto já foi encaminhado ao Congresso. O PL 6.195/2019 visa autorizar que as empresas troquem a contratação pelo pagamento de um valor correspondente a dois salários mínimo mensais. 

A subprocuradora-geral do trabalho, Maria Aparecida Gurgel, vice-presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência e Idosos (Ampid), acredita que este projeto não trará coisas boas: “Ele desconfigura toda a ação afirmativa que é a reserva de cargos”. 

Trazendo mais mudanças referentes às cotas, o projeto sugere a contagem em dobro quando da contratação de um trabalho com deficiência grade e a inclusão dos aprendizes nessa verificação. Sobre essa nova regra, Tabata Contri, da Talento Incluir, empresa que presta consultoria para inclusão, disse: "Essa regra [da deficiência grave] parece boa, pois as pessoas com deficiência grave são as que mais têm dificuldades para serem incluídas, mas, no final das contas, quem é que vai dizer se é deficiência grave ou moderada?"

Nesta terça (3), que é Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, ocorrerá uma reunião na Câmara dos Deputados para traçar uma estratégia que barre esse projeto. Em contrapartida, o Ministério da Economia afirma que a mudança deve beneficiar 1,25 milhão de trabalhadores. 

Comentários

Outras Notícias

[Proposta prorroga isenção da conta de luz para consumidor de baixa renda ]
Política

Proposta prorroga isenção da conta de luz para consumidor de baixa renda

12 de Julho de 2020

Projeto prevê ainda a liberação, no mesmo período, da cobrança do consumo de água igual ou inferior a dez metros cúbicos

[Novo ministro da Educação apaga vídeo com defesa de castigos físicos a crianças]
Política

Novo ministro da Educação apaga vídeo com defesa de castigos físicos a crianças

12 de Julho de 2020

Ele ainda endossa crime de femincídio, atribuindo o ato à louca paixão

[Fundação Palmares indica professor sem especialização em cultura negra como representante na Bahia]
Política

Fundação Palmares indica professor sem especialização em cultura negra como representante na Bahia

12 de Julho de 2020

Candidato indicado por Sérgio Camargo também é cantor lírico

[Bruno opina sobre futuro político de Geraldo Júnior e presidente da Câmara rebate:
Política

Bruno opina sobre futuro político de Geraldo Júnior e presidente da Câmara rebate: "Não está autorizado"

10 de Julho de 2020

Geraldo afirmou que decisão perpassará por bloco partidário o qual lidera

[Bolsonaro promete anúncio de novo ministro da Educação nesta sexta]
Política

Bolsonaro promete anúncio de novo ministro da Educação nesta sexta

10 de Julho de 2020

Presidente falou em uma pessoa "conciliadora" para o cargo

[Medida Provisória abre crédito de R$ 348,3 mi para reforçar ações durante pandemia]
Política

Medida Provisória abre crédito de R$ 348,3 mi para reforçar ações durante pandemia

09 de Julho de 2020

Maior parte dos recursos será utilizada pelo Ministério da Saúde em ações de combate à pandemia

Galeria

[Barragem se rompe e inunda ruas da cidade de Coronel João Sá]

Barragem se rompe e inunda ruas da cidade de Coronel João Sá

11 de Julho de 2019

Ver todas as galerias

Vídeos

[Prefeito de Itabuna afirma que reabertura do comércio vai acontecer “morra quem morrer”]

Prefeito de Itabuna afirma que reabertura do comércio vai acontecer “morra quem morrer”

03 de Julho de 2020

Ver todos os vídeos