Política

Governo assina nesta terça (3) contrato para construção de nova rodoviária, em terreno desapropriado da prefeitura

02 de Dezembro de 2019 às 17h53 - Por: Redação PNotícias Foto: Reprodução/ Secom-BA
[Governo assina nesta terça (3) contrato para construção de nova rodoviária, em terreno desapropriado da prefeitura]

A prefeitura alega que o Estado não pode fazer desapropriação de bens municipais

Em meio a uma disputa judicial travada com a prefeitura da capital baiana, o governo da Bahia vai assinar nesta terça-feira (3) o contrato para construção da nova rodoviária de Salvador. No último dia 20 de novembro o Estado ingressou na Justiça com um pedido para desapropriar o terreno, cuja parte, cerca de 35%, pertence, alegadamente, ao Município.

No dia 22 de novembro o estado obteve uma decisão chamada no jargão jurídico de imissão provisória, que, na prática, permite a transferência da posse do bem para o governo baiano. Segundo o BNews, o Município pode recorrer da decisão, expedida pelo juiz Ruy Eduardo Almeida Britto, da 6ª Vara da Fazenda Pública de Salvador. Em nota, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) afirmou que a determinação não é provisória porque se trata de “antecipação de posse irreversível”.

A prefeitura alega, no entanto, que o Estado não pode fazer desapropriação de bens municipais e, para virar proprietária da terra, precisaria de um projeto de lei aprovado na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). “Essa lei não existe”, pontua o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Sérgio Guanabara, para quem a administração do governador Rui Costa recorreu às vias judiciais para evitar um debate legislativo sobre a questão.

O decreto-lei 3.365, de junho de 1941, do governo federal, prevê, no parágrafo dois do artigo dois, que “os bens do domínio dos Estados, Municípios, Distrito Federal e Territórios poderão ser desapropriados pela União, e os dos Municípios pelos Estados, mas, em qualquer caso, ao ato deverá preceder autorização legislativa”.

No entanto, segundo a PGE, não há registro imobiliário em nome da prefeitura em relação ao terreno. A Procuradoria colocou que há disputa entre o Município e a iniciativa privada sobre a titularidade da terra. “Prevê-se que o Município e o particular deverão ajustar essa parte ou até litigarem, antes do Município poder alegar até mesmo essa ausência de lei”, disse o órgão. Ainda de acordo com o órgão, a prefeitura foi chamada, “em atenção à legalidade e à boa-fé”, na ação de desapropriação, "na qual se discute apenas o valor". Para receber da Justiça a decisão favorável, o governo depositou, em juízo, R$ 60 milhões como indenização aos proprietários pela expropriação. 

Para Guanabara, caso o governo queira construir a rodoviária no terreno, terá que resolver o impasse com a prefeitura. “Para construir, é preciso da licença do município e, para isso, precisa solucionar esse impasse”, afirmou o titular da Sedur. Segundo ele, o Estado ainda não entrou com pedido de licenciamento para a obra.

Além da prefeitura, figuram como donas do terreno as empresas Condor Construtora do Salvador LTDA, Patrimonial M. de Aguiar S/C Ltda e Billow Investimentos, que também são rés na ação movida pelo governo estadual. As duas primeiras teriam 40% do espaço, caucionados para o Município como forma de garantia da execução do empreendimento.
 

Comentários

Outras Notícias

[Na tentativa de acelerar reforma da Previdência, bancada de Rui Costa tenta acordo com oposição]
Política

Na tentativa de acelerar reforma da Previdência, bancada de Rui Costa tenta acordo com oposição

28 de Janeiro de 2020

Bancada da oposição está dividida entre os que são contra e a favor de acelerar a votação da PEC

[EUA pedem que Brasil pague por transporte de futuros deportados]
Política

EUA pedem que Brasil pague por transporte de futuros deportados

27 de Janeiro de 2020

Departamento de Segurança Interna americano agradeceu suporte do Brasil, que autorizou vinda de voo fretado, mas pediu "mais esforços"

[Programa Beleza Pura oferece qualificação e promove empreendedorismo feminino]
Política

Programa Beleza Pura oferece qualificação e promove empreendedorismo feminino

27 de Janeiro de 2020

Projeto foi lançado pela prefeitura de Salvador nesta segunda (27)

[Em entrevista, Sérgio Moro ironiza: “Agora não pode mais prender jornalista, né?”]
Política

Em entrevista, Sérgio Moro ironiza: “Agora não pode mais prender jornalista, né?”

27 de Janeiro de 2020

Ministro comentou também sobre o documentário “Democracia em Vertigem”

[Rui Costa garante que reforma da Previdência da Bahia é a mais “amena” do país]
Política

Rui Costa garante que reforma da Previdência da Bahia é a mais “amena” do país

27 de Janeiro de 2020

Governador declarou, em entrevista, nesta segunda-feira (27)

[Alexandre Frota convocará Regina Duarte para depor na Câmara dos Deputados]
Política

Alexandre Frota convocará Regina Duarte para depor na Câmara dos Deputados

27 de Janeiro de 2020

Pedido de convocação será feito após a atriz assumir a gestão

Galeria

[Barragem se rompe e inunda ruas da cidade de Coronel João Sá]

Barragem se rompe e inunda ruas da cidade de Coronel João Sá

11 de Julho de 2019

Ver todas as galerias

Vídeos

[Assaltante beija idosa durante roubo à loja no Piauí]

Assaltante beija idosa durante roubo à loja no Piauí

18 de Outubro de 2019

Ver todos os vídeos