Política

Governo assina nesta terça (3) contrato para construção de nova rodoviária, em terreno desapropriado da prefeitura

02 de Dezembro de 2019 às 17h53 - Por: Redação PNotícias Foto: Reprodução/ Secom-BA
[Governo assina nesta terça (3) contrato para construção de nova rodoviária, em terreno desapropriado da prefeitura]

A prefeitura alega que o Estado não pode fazer desapropriação de bens municipais

Em meio a uma disputa judicial travada com a prefeitura da capital baiana, o governo da Bahia vai assinar nesta terça-feira (3) o contrato para construção da nova rodoviária de Salvador. No último dia 20 de novembro o Estado ingressou na Justiça com um pedido para desapropriar o terreno, cuja parte, cerca de 35%, pertence, alegadamente, ao Município.

No dia 22 de novembro o estado obteve uma decisão chamada no jargão jurídico de imissão provisória, que, na prática, permite a transferência da posse do bem para o governo baiano. Segundo o BNews, o Município pode recorrer da decisão, expedida pelo juiz Ruy Eduardo Almeida Britto, da 6ª Vara da Fazenda Pública de Salvador. Em nota, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) afirmou que a determinação não é provisória porque se trata de “antecipação de posse irreversível”.

A prefeitura alega, no entanto, que o Estado não pode fazer desapropriação de bens municipais e, para virar proprietária da terra, precisaria de um projeto de lei aprovado na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). “Essa lei não existe”, pontua o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Sérgio Guanabara, para quem a administração do governador Rui Costa recorreu às vias judiciais para evitar um debate legislativo sobre a questão.

O decreto-lei 3.365, de junho de 1941, do governo federal, prevê, no parágrafo dois do artigo dois, que “os bens do domínio dos Estados, Municípios, Distrito Federal e Territórios poderão ser desapropriados pela União, e os dos Municípios pelos Estados, mas, em qualquer caso, ao ato deverá preceder autorização legislativa”.

No entanto, segundo a PGE, não há registro imobiliário em nome da prefeitura em relação ao terreno. A Procuradoria colocou que há disputa entre o Município e a iniciativa privada sobre a titularidade da terra. “Prevê-se que o Município e o particular deverão ajustar essa parte ou até litigarem, antes do Município poder alegar até mesmo essa ausência de lei”, disse o órgão. Ainda de acordo com o órgão, a prefeitura foi chamada, “em atenção à legalidade e à boa-fé”, na ação de desapropriação, "na qual se discute apenas o valor". Para receber da Justiça a decisão favorável, o governo depositou, em juízo, R$ 60 milhões como indenização aos proprietários pela expropriação. 

Para Guanabara, caso o governo queira construir a rodoviária no terreno, terá que resolver o impasse com a prefeitura. “Para construir, é preciso da licença do município e, para isso, precisa solucionar esse impasse”, afirmou o titular da Sedur. Segundo ele, o Estado ainda não entrou com pedido de licenciamento para a obra.

Além da prefeitura, figuram como donas do terreno as empresas Condor Construtora do Salvador LTDA, Patrimonial M. de Aguiar S/C Ltda e Billow Investimentos, que também são rés na ação movida pelo governo estadual. As duas primeiras teriam 40% do espaço, caucionados para o Município como forma de garantia da execução do empreendimento.
 

Comentários

Outras Notícias

[Augusto Aras considera senador como “inimigo pessoal” e diz estar sofrendo perseguição ]
Política

Augusto Aras considera senador como “inimigo pessoal” e diz estar sofrendo perseguição

09 de Agosto de 2020

Procurador-geral da república anda se desentendendo com o senador Alessandro Vieira

[Temer aceita convite de Bolsonaro para chefiar missão de ajuda ao Líbano]
Política

Temer aceita convite de Bolsonaro para chefiar missão de ajuda ao Líbano

09 de Agosto de 2020

Presidente afirmou que medicamentos e insumos serão levados por avião da FAB

[Jornal Nacional faz registro positivo sobre Bolsonaro e surpreende telespectadores]
Política

Jornal Nacional faz registro positivo sobre Bolsonaro e surpreende telespectadores

09 de Agosto de 2020

Publicações sobre episódio de racismo contra entregador de app foram exibidas no noticiário

[Flávio Bolsonaro comprou imóveis com R$ 86 mil em espécie, afirma jornal]
Política

Flávio Bolsonaro comprou imóveis com R$ 86 mil em espécie, afirma jornal

09 de Agosto de 2020

Venda só foi registrada em cartório dois anos depois da transação

[Queiroz depositou 21 cheques, que totalizam R$ 72 mil, na conta de Michelle Bolsonaro]
Política

Queiroz depositou 21 cheques, que totalizam R$ 72 mil, na conta de Michelle Bolsonaro

07 de Agosto de 2020

Extratos bancários derrubam versão de que o ex-assessor estava pagando um empréstimo

[Pesquisa de intenção de votos aponta liderança de Bolsonaro no 1º turno de eleição]
Política

Pesquisa de intenção de votos aponta liderança de Bolsonaro no 1º turno de eleição

07 de Agosto de 2020

Fernando Haddad aparece em segundo lugar, com 24% de diferença

Galeria

[Barragem se rompe e inunda ruas da cidade de Coronel João Sá]

Barragem se rompe e inunda ruas da cidade de Coronel João Sá

11 de Julho de 2019

Ver todas as galerias

Vídeos

[Prefeito de Itabuna afirma que reabertura do comércio vai acontecer “morra quem morrer”]

Prefeito de Itabuna afirma que reabertura do comércio vai acontecer “morra quem morrer”

03 de Julho de 2020

Ver todos os vídeos