Polícia

Após acusações, delegada é exonerada do cargo na Polícia Civil da Bahia

11 de Outubro de 2019 às 07h43 - Por: Redação PNoticias Foto: G1 Bahia
[Após acusações, delegada é exonerada do cargo na Polícia Civil da Bahia]

Carla Ramos permanece no quadro de delegados da Polícia Civil

A delegada Carla Santos Ramos não é mais titular da Delegacia de Repressão e Furtos e Roubos (DRFR), na Baixa do Fiscal. Na manhã desta quinta-feira (10), sua exoneração foi  assinada pelo governador Rui Costa e publicada no Diário Oficial do Estado, exatamente três dias após Carla ter sido acusada de praticar tortura, junto com outros três policiais civis.

Na última segunda-feira (7) a delegada e os agentes Agnaldo Ferreira de Jesus Filho, Carlos Antônio Santos da Cruz e Iraci Santos Leal foram presos, sob a acusação de prática de tortura na própria unidade contra a funcionária de uma lotérica, no bairro de Dom Avelar. A vítima alega que os agentes lhe aplicaram chutes, socos, tapas e cacetadas na cabeça, além de um dos dedos do pé quebrado, na tentativa de fazê-la confessar onde estaria o dinheiro roubado da casa lotérica e indicasse o nome de outros envolvidos no delito. Tudo isso, segundo a vítima, teria ocorrido com a conivência da delegada.

O CORREIO procurou o advogado da delegada, Gustavo Brito, que segundo ele, estão tentando reverter a situação. “O cargo que ela exerce é de confiança. Como ela está afastada, precisa de alguém chefiando a unidade. Acredito que seja por isso. Por enquanto, ela está afastada sem exercer função alguma. Acredito que não tenha sido nenhum ato de retaliação, tendo em vista que existe uma medida cautelar de afastamento. Estamos lutando para que seja revogada”, declarou Brito. 

De acordo com a Polícia Civil, “a exoneração da delegada Carla Santos Ramos é uma providência administrativa, em virtude do inquérito o qual a servidora está submetida na Corregedoria da Instituição” e “os demais servidores investigados continuam em liberdade, porém, sob medidas cautelares, que os afastam dos serviços e proíbem acesso às delegacias”, esclareceu a assessoria.

Segundo a Polícia Civil, mesmo com a exoneração, a delegada ainda faz parte do quadro de delegados do órgão. O novo titular da DRFR é o delegado Glauber Ushiyama.

Habeas Corpus

A delegada e os agentes acusados ficaram detidos por cerca de 12 horas. Porém, a juíza Márcia Borges concedeu o habeas corpus. “Não tenho como saber se a tortura aconteceu realmente, mas, diante dos fatos e, inclusive, a ausência de dois deles na unidade policial, mostra que houve uma falta de investigação da Corregedoria”, justificou a juíza. Os advogados de Iraci e Carlos Antônio alegam que ambos não estavam trabalhando, nem se encontravam na delegacia no dia da suposta tortura

Comentários

Outras Notícias

[Traficante responsável por assassinato de idosa morre em confronto com a polícia em Lauro de Freitas ]
Polícia

Traficante responsável por assassinato de idosa morre em confronto com a polícia em Lauro de Freitas

16 de Outubro de 2019

O criminoso chegou a ser levado para o Hospital Geral Menandro Farias

[Traficante é preso com droga avaliada em R$ 100 mil em Vitória da Conquista ]
Polícia

Traficante é preso com droga avaliada em R$ 100 mil em Vitória da Conquista

16 de Outubro de 2019

Foram encontrados cerca de 100 quilos de drogas distribuídas entre maconha, haxixe, marroquino, skank

[Vídeo: assaltante recusa dinheiro e beija idosa durante roubo em loja ]
Polícia

Vídeo: assaltante recusa dinheiro e beija idosa durante roubo em loja

16 de Outubro de 2019

Apesar de ter poupado a mulher, os criminosos levaram R$1 mil em espécie do estabelecimento

[PRF apreende 5kg de crack em ônibus interestadual]
Polícia

PRF apreende 5kg de crack em ônibus interestadual

16 de Outubro de 2019

A droga estava escondida em caixa sem identificação no compartimento de bagagem do ônibus

[Investigação aponta transferências de R$ 148 mil de contas da Aspra para Prisco]
Polícia

Investigação aponta transferências de R$ 148 mil de contas da Aspra para Prisco

16 de Outubro de 2019

Quebra de sigilo bancário da associação mostra ainda a movimentação de R$ 700 mil para o interior.

[PMs que estavam com Prisco em suposto atentado recebem alta de hospital ]
Polícia

PMs que estavam com Prisco em suposto atentado recebem alta de hospital

16 de Outubro de 2019

A Secretaria da Segurança Pública da Bahia investiga veracidade da ocorrência

Galeria

[Barragem se rompe e inunda ruas da cidade de Coronel João Sá]

Barragem se rompe e inunda ruas da cidade de Coronel João Sá

11 de Julho de 2019

Ver todas as galerias

Vídeos

[Torcida do Vitória destrói cadeiras da Arena Fonte Nova]

Torcida do Vitória destrói cadeiras da Arena Fonte Nova

14 de Setembro de 2019

Ver todos os vídeos