Mundo

Argentina pede apoio do Brasil para renegociar dívida com FMI

12 de Fevereiro de 2020 às 20h48 - Por: Agência Brasil Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
[Argentina pede apoio do Brasil para renegociar dívida com FMI]

Ministro argentino classificou a viagem ao Brasil como um “marco de aproximação e amizade”

Argentina quer o apoio do Brasil para renegociar sua dívida com o Fundo Monetário Internacional (FMI), disse hoje (12) o ministro de Relações Exteriores, Comércio Internacional e Culto da Argentina, Felipe Solá, durante encontro com o chanceler brasileiro, Ernesto Araújo, no Palácio do Itamaraty.

Na oportunidade, o ministro argentino classificou a viagem ao Brasil como um “marco de aproximação e amizade”, apesar de ter sido adiada “por outros fatores”.

“A missão que lidero tem como objetivo discutir o Mercosul e a agenda bilateral e outros temas, em uma conversa franca. Tem também a responsabilidade e o propósito de esclarecer o estado das coisas do atual governo argentino”, acrescentou Solá.

Segundo Solá, a Argentina vive uma “situação difícil”, com graves problemas de demanda interna e externa, queda no superavit e uma “dívida externa absurda” que teria por base um “sistema cambial irresponsável”.

Além disso, acrescentou, o país vizinho vive “uma inflação altíssima, com cifras astronômicas, se comparadas às do Brasil”. Para ele, essa situação precisa ser encarada “sem artifícios mágicos”.

Diante desse cenário, a Argentina tem buscado renegociar a dívida que tem com o FMI. “Já fizemos visitas, na busca de apoio de países europeus. Pedimos também ao governo brasileiro que nos apoie nessa questão com o FMI, de forma a darmos o primeiro passo para um acordo. Queremos tempo para podermos crescer e pagar nossas dívidas”, disse o argentino.

Solá acrescentou que seu país tem atuado fortemente para superar pendências que tem na área agrícola e sanitária, visando à superação de barreiras comerciais.

Em discurso, o ministro Ernesto Araújo disse que o Brasil tem “convicção e expectativa” de contar com a parceria da Argentina em temas essenciais para o projeto de consolidação do Mercosul como plataforma de inserção na economia internacional. “Temos interesse comercial de nos posicionarmos como polo de crescimento econômico; na determinação de trabalhar pela democracia na nossa região e na dimensão da segurança e combate ao crime organizado”, disse o ministro brasileiro.

De acordo com Araújo, Brasil e Argentina se reunirão com representantes de outros países no Canadá na semana que vem, para discutir como contribuir para a redemocratização da Venezuela. “Na nossa conversa, falamos de nossa preocupação e empenho pela democracia. Temos aspiração democrática fundacional em nosso bloco. Nesse sentido decidimos contribuir para a transição democrática da Venezuela”, afirmou Araújo.
 

Comentários

Outras Notícias

[Ataque com faca deixa feridos em Paris nesta sexta-feira (25)]
Mundo

Ataque com faca deixa feridos em Paris nesta sexta-feira (25)

25 de Setembro de 2020

Suspeito foi detido, mas ainda não se sabe a motivação das agressões

[Torre Eiffel é evacuada após ameaça de bomba nesta quarta-feira ]
Mundo

Torre Eiffel é evacuada após ameaça de bomba nesta quarta-feira

23 de Setembro de 2020

Visitantes tiveram que deixar movimento após denúncia anônima recebida pela polícia francesa

[Bactéria contamina milhares de pessoas após vazamento em laboratório na China]
Mundo

Bactéria contamina milhares de pessoas após vazamento em laboratório na China

18 de Setembro de 2020

Acidente aconteceu em 2019, mas só foi divulgado pelas autoridades na terça (8)

[Restrição de entrada para brasileiros nos EUA é suspensa]
Mundo

Restrição de entrada para brasileiros nos EUA é suspensa

12 de Setembro de 2020

Antes, passageiros precisavam comprovar a necessidade da viagem e passar por testagem para a detecção do novo coronavírus

[Homem negro é baleado sete vezes nas costas pela polícia nos EUA; cidade decreta toque de recolher]
Mundo

Homem negro é baleado sete vezes nas costas pela polícia nos EUA; cidade decreta toque de recolher

24 de Agosto de 2020

Segundo governador de Wisconsin, a vítima, Jacob Blake, estava desarmada

[Festa clandestina acaba com 13 mortos por asfixia e esmagamento após ação policial no Peru]
Mundo

Festa clandestina acaba com 13 mortos por asfixia e esmagamento após ação policial no Peru

23 de Agosto de 2020

Boate funcionava mesmo com as restrições impostas por causa da pandemia

Galeria

[Prefeitura inaugura sexto elevado do BRT]

Prefeitura inaugura sexto elevado do BRT

02 de Setembro de 2020

Ver todas as galerias

Vídeos

[Vídeo: manifestantes pedem respeito à diversidade durante “Ocupação do shortinho” no Big Bompreço]

Vídeo: manifestantes pedem respeito à diversidade durante “Ocupação do shortinho” no Big Bomp...

25 de Setembro de 2020

Ver todos os vídeos