Justiça

Lula e Dilma são absolvidos em ação do 'quadrilhão do PT'

04 de Dezembro de 2019 às 21h09 - Por: Redação PNotícias Foto: José Cruz/Agência Brasil
[Lula e Dilma são absolvidos em ação do 'quadrilhão do PT']

A ação foi apresentada em setembro de 2017 pela PGR ao STF

Nesta quarta-feira (4) a Justiça absolveu, de forma sumária, ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Dilma Rousseff (PT), os ex-ministros Antonio Palocci Filho e Guido Mantega, e o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto. As ações se referem ao chamado “quadrilhão do PT”.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, a decisão foi assinada pelo juiz Marcus Vinicius Reis Bastos, da 12ª Vara do Distrito Federal. De acordo com o magistrado, a "denúncia apresentada, em verdade, traduz tentativa de criminalizar a atividade política". 

"A inicial acusatória alonga-se na descrição de inúmeros ilícitos penais autônomos sem que revele a existência de estrutura ordenada estável e atuação coordenada dos Denunciados, traços característicos de uma organização criminosa. Numa só palavra, não evidencia a subsistência do vínculo associativo imprescindível à constituição do crime", prossegue o juiz na decisão.

Apresentada em setembro de 2017 pela Procuradoria-Geral da República (PGR), comandada na época por Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF), denunciava que Lula e Dilma tiveram participação num esquema montado para coletar propinas de R$ 1,48 bilhão entre 2002 e 2016. Os supostos crimes teriam sido cometidos para possibilitar vantagens ilícitas que seriam pagas em contratos da Petrobras, do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento) e do Ministério do Planejamento. A Justiça também recebeu as acusações contra Mantega, Palocci e Vaccari Neto.

O Ministério Público Federal (MPF) havia pedido em setembro a absolvição sumária dos acusados. A procuradora Marcia Brandão Zollinger alegou, na ocasião, que "não há o pretendido domínio por parte dos denunciados, especialmente os ex-presidentes da República, a respeito dos atos criminosos, que obviamente merecem apuração e responsabilização e são objeto de ações penais autônomas, cometidos no interior das Diretorias da Petrobras e de outras empresas públicas".

Comentários

Outras Notícias

[Justiça determina que viúva de Gugu Liberato receba pensão de R$100 mil]
Justiça

Justiça determina que viúva de Gugu Liberato receba pensão de R$100 mil

24 de Janeiro de 2020

Valor é equivalente ao que Gugu destinou para o sustento da mãe

[Presidente da OAB-BA critica decisão de ministro de suspender aplicação do juiz de garantias]
Justiça

Presidente da OAB-BA critica decisão de ministro de suspender aplicação do juiz de garantias

24 de Janeiro de 2020

Fabrício Castro disse que a sociedade passa por sentimento de insegurança jurídica

[Rodrigo Maia dispara sobre decisão de Fux em suspender implantação de juiz de garantias: “Desnecessária e derespeitosa”]
Justiça

Rodrigo Maia dispara sobre decisão de Fux em suspender implantação de juiz de garantias: “Desnecessária e derespeitosa”

23 de Janeiro de 2020

Fux suspendeu a implantação do juiz de garantias, nesta quarta-feira (22).

[Decisão de Fux suspende mais três pontos do pacote anticrime]
Justiça

Decisão de Fux suspende mais três pontos do pacote anticrime

23 de Janeiro de 2020

Suspensão vale até o julgamento de mérito da ação pelo plenário

[Fux suspende atuação do juiz de garantias até decisão do mérito]
Justiça

Fux suspende atuação do juiz de garantias até decisão do mérito

22 de Janeiro de 2020

Medida suspende liminar proferida por Dias Toffoli

[Justiça: mãe é condenada por usar benefício previdenciário de filho morto]
Justiça

Justiça: mãe é condenada por usar benefício previdenciário de filho morto

22 de Janeiro de 2020

Justiça condenou a mulher a 02 anos de reclusão

Galeria

[Barragem se rompe e inunda ruas da cidade de Coronel João Sá]

Barragem se rompe e inunda ruas da cidade de Coronel João Sá

11 de Julho de 2019

Ver todas as galerias

Vídeos

[Assaltante beija idosa durante roubo à loja no Piauí]

Assaltante beija idosa durante roubo à loja no Piauí

18 de Outubro de 2019

Ver todos os vídeos