Entrevistas

Mãe de filhas de William Oliveira desabafa após Iuri Sheik sair da prisão: “A gente esperava mais da Justiça”

15 de Setembro de 2020 às 13h23 - Por: Redação PNotícias Foto: Reprodução
[Mãe de filhas de William Oliveira desabafa após Iuri Sheik sair da prisão: “A gente esperava mais da Justiça”]

Iuri é suspeito de matar empresário baiano William Oliveira em junho do ano passado, no município de Santo Antônio de Jesus

Apesar de ser réu confesso do crime que tirou a vida do empresário baiano William Reis em junho do ano passado, o ex-influencer Iuri Sheik teve o seu Habeas Corpus concedido pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) nesta segunda-feira (14). Para entender o sentimento da família diante da decisão da Justiça baiana, o PNotícias entrevistou na manhã desta terça-feira (15) Eniele Santos, mãe de duas das três filhas de William. De acordo com ela, a família esperava mais do Judiciário: “A gente esperava mais da Justiça. A gente esperava que no mínimo Iuri cumprisse a prisão até o julgamento”, afirmou. 

Confira entrevista na íntegra:

Dinho Junior: como você está se sentindo depois da notícia de que Iuri foi solto?  

Eniele Santos: a gente está levando. Eu recebi a notícia pela minha filha. Mandaram um vídeo pra ela, dizendo que ele seria solto e ela me ligou apavorada, dizendo que estava com medo. Logo depois começou a sair nas redes sociais e em todos os lugares. 

Dinho Junior: quando vocês viram a saída do Iuri em todas as emissoras, o que vocês sentiram? 

Eniele Santos: não tem pior sensação nesse mundo. William hoje se encontra preso embaixo da terra, não vai sair mais nunca. Gostaria muito que tivesse Justiça, que ele fosse julgado, que ele cumprisse a prisão, mas infelizmente não aconteceu. A Justiça mostrou mais uma vez que uma vida não vale nada. 

Dinho Junior: você esteve junto com a mãe de William depois dessa notícia? 

Eniele Santos: sim. Eu vejo ela praticamente todos os dias. Ontem ela estava chorando muito, eu fui na casa dela e ela não foi na minha para as minhas filhas não verem. Minhas filhas sentem muita falta do pai. A mais nova é a que mais sente porque era a mais apegada. A gente não deixou elas verem a avó chorando porque é dolorido. 

Dinho Junior: como ficou a vida de vocês depois da morte de William? 

Eniele Santos: William deixou três filhas. Eu tinha um bom relacionamento com ele, ele frequentava minha casa, o aniversário das filhas dele. Ele era presente, era um bom pai, ajudava todo mundo. Ele era aquela pessoa que se você chegasse pedindo ajuda e ele tivesse só uma roupa, ele ficava nu e te dava. Ele era uma pessoa da qual eu não tenho o que falar. Era uma pessoa que não gostava de falsidade, nunca seria amigo de alguém que ele não gostasse. Iuri disse na entrevista que ele não conhecia William, mas ele conhecia. Ele já tinha visto William diversas vezes. É muito difícil. Cada vez mais a saudade aumenta. É triste, as meninas perguntam. Minha filha já falou que queria morrer pra ver o pai dela. William era um pai que me ajudava de tudo. Eu não tinha despesa praticamente nenhuma com as minhas filhas. Minhas filhas estudavam nas melhores escolas e hoje em dia, a gente leva uma vida que teve que andar pra trás. 

Dinho Junior: você tem contato com a família da terceira filha de William? Sobre como está a situação dessa família? 

Eniele Santos: eu não tenho contato com a família, mas com certeza fácil não está sendo. A menina é pequena, a mãe não é próxima da gente. Eu respeito cada um. Se um dia ela quisesse proximidade, minhas filhas estão aqui, minha filha sente falta da irmã. Era uma vontade muito grande de William, que elas ficassem juntas. 

Dinho Junior: quais trechos você mais se impactou do depoimento de William? 

Eniele Santos: o que mais chocou a gente foi ele dizer que não conhecia William e que William chegou atrás dele, ele não concluiu a história. A gente já tá vendo o que ele vai dizer. Vai dizer que foi William que foi atrás dele pra matar ele. Mas a gente sabe que não. Existem câmeras, existem testemunhas que estavam lá e que sabem. Todo mundo sabe muito bem tudo o que aconteceu. Como é que uma pessoa diz tanto que se rendeu a Deus e não admite que foi ele? Não admite que conhecia William? Como é que você mata alguém que você não conhece? A gente esperava mais da Justiça. A gente esperava que no mínimo ele cumprisse a prisão até o julgamento e quando tivesse o julgamento, ele cumprisse a pena dele. William morreu inocente. Um tiro traiçoeiro, um tiro pelas costas. William morreu na covardia, não pôde se defender. Ele lutou três dias na UTI. Foi um ano de desespero. A nossa família nunca mais vai ser a mesma. Minhas filhas vão crescer e não vão ter apoio do pai nunca. Tudo na nossa vida vai regredir e não vai pra frente nunca porque vai faltar um pedaço. William nunca vai ser substituído. É doloroso. Cada dia é um dia pior que o outro. Nada vai tirar o lugar da saudade, nunca. 

Dinho Junior: qual foi o comportamento das meninas diante da notícia de que Iuri foi solto? 

Eniele Santos: elas ficaram com medo, elas não querem ficar mais só. Elas fazem acompanhamento psicológico, mas não querem ficar mais só. Tanto é que minha filha falou: ‘Será que ele não sabe onde a gente mora?’. Então elas têm muito medo e a gente também, porque essa é uma situação nova, que a gente não sabe lidar. Eu soube pela minha filha mais velha, ela me disse o que estava acontecendo e eu pedi pra ela ter calma e que ele não vai fazer nada com a gente, jamais. 

Dinho Junior: isso foi a única coisa que você pôde fazer pra tranquilizar sua filha? 

Eniele Santos: é a única coisa que eu posso porque infelizmente, eu esperava que a Justiça protegesse todos nós, porque ele preso seria bom pra todos nós. Mas já que a Justiça não foi competente o suficiente, a única coisa que eu posso fazer é tentar proteger as minhas filhas. 

Dinho Junior: vocês têm alguma expectativa no âmbito judicial de tomar algum tipo de postura? O que vocês pensam em fazer agora? 

Eniele Santos: tudo o que a gente puder fazer pra ele voltar pra cadeia, referente à Justiça, a gente vai fazer. A gente ainda espera que ele vá a júri popular e espera que ele não suma, porque quando ele matou William, ele fugiu. Eu espero que ele não suma novamente. 

Dinho Junior: o que você acha do depoimento dele ao deixar subentendido que ele não teria cometido o crime e que a Justiça baiana saberá da verdade? 

Eniele Santos: William não está aqui pra se defender e Iuri vai dizer o que ele quiser dizer. A gente tem provas, tinha muita testemunha no local, o suficiente pra provar. 

Dinho Junior: você já tem uma noção de qual é a versão da história dada por Iuri pra garantir que esse depoimento dele faça sentido? 

Eniele Santos: o que a gente ficou sabendo pelas pessoas que estavam lá é que Iuri tentou cumprimentar William e que William não aceitou o cumprimento, voltou e desferiu os tiros. É a versão que a gente ficou sabendo por pessoas que estavam lá. Então a gente não tem ideia do que Iuri quer dizer. 

Dinho Junior: como está sendo essa relação judicial de vocês? O advogado já foi contactado? Vocês já foram atrás disso? 

Eniele Santos: a gente já chamou os advogados pra ver o que vai ser feito. A gente montou uma reunião pra tentar ver o que pode ser feito com urgência, o mais rápido possível. 

Dinho Junior: se você o encontrasse e tivesse a oportunidade de falar diretamente com Iuri, o que você falaria? 

Eniele Santos: eu perguntaria a ele o por quê de tanta crueldade, de tanta frieza. A frieza maior é ele dizer que não se arrepende. Essa hoje é a minha maior dor. Sabe o que é você ver sua filha chorar e você não poder consolar? Sabe o que é você ver sua filha dizer que prefere morrer pra encontrar o pai do que estar ali? Então quem é mãe, quem é pai, sabe que não há dor maior do que ver o sofrimento do filho e não poder fazer nada. Quando alguém busca o sofrimento, a pessoa tem que passar por aquilo. Mas as minhas filhas não mereciam isso. William não merecia isso. A mãe de William não merecia isso. É um lugar que nunca será substituído. Minha filha mais velha, o pai pedia pra ela gravar um vídeo com ele e ela não gravava. Hoje ela tenta fazer tudo o que o pai dela queria porque ela acha que o pai dela está vendo e o pai dela vai gostar. Ela se sente culpada, ela se sente vazia por um erro que não é dela. Ela não viveu com ele tudo o que ele tinha que viver. Não foi Deus, foi alguém que interrompeu. Eu espero que Iuri pague e eu sei que ele vai pagar. Creio na Justiça. Eu só acho que ele tem que pensar muito bem no que ele fala, antes de ele dizer que não se arrepende de tirar uma vida. Tudo o que ele está falando, muita coisa é mentira, mas uma hora a verdade vem.

Matérias relacionadas:

Ministério Público pede manutenção da prisão preventiva de Iuri Sheik

Defesa de Iuri Sheik tenta liberdade provisória sob alegação de gripe e asma não comprovada; confira laudos médicos

Vídeo: confira saída de Iuri Sheik da cadeia

Iuri Sheik deixa cadeia na manhã desta segunda-feira após TJ-BA conceder Habeas Corpus

Comentários

Outras Notícias

[Presidente da Abrape critica postura de gestores estaduais e municipais em relação ao setor de entretenimento durante pandemia ]
Entrevistas

Presidente da Abrape critica postura de gestores estaduais e municipais em relação ao setor de entretenimento durante pandemia

11 de Setembro de 2020

Doreni Caramori Junior, porém, diz que o governo federal apresentou propostas para auxiliar o setor neste momento

[Presidente do CRMV-BA aprova decisão do governo em escolher veterinário para cargo no Ministério da Saúde ]
Entrevistas

Presidente do CRMV-BA aprova decisão do governo em escolher veterinário para cargo no Ministério da Saúde

08 de Setembro de 2020

Presidente, contudo, admite que decisão também tem viés político

[Superintendente da Defesa Civil da Bahia diz que é impossível prever se haverá novos terremotos]
Entrevistas

Superintendente da Defesa Civil da Bahia diz que é impossível prever se haverá novos terremotos

01 de Setembro de 2020

Paulo Sérgio Luz concedeu entrevista ao programa PNotícias, da Piatã FM, na manhã desta terça-feira (1º)

[Leo Prates participa do PNotícias, na Piatã FM, nesta segunda-feira]
Entrevistas

Leo Prates participa do PNotícias, na Piatã FM, nesta segunda-feira

30 de Agosto de 2020

Secretário Municipal de Saúde vai tirar dúvidas sobre as ações da prefeitura para conter o coronavírus

[“Neto foi inteligente quando se associou a Rui”, diz Zé Trindade sobre combate à pandemia em Salvador e na Bahia]
Entrevistas

“Neto foi inteligente quando se associou a Rui”, diz Zé Trindade sobre combate à pandemia em Salvador e na Bahia

28 de Agosto de 2020

Vereador concedeu entrevista ao programa PNotícias da Piatã FM nesta sexta-feira (28)

[Advogado da médica que caiu do 5° andar em Salvador nega que depoimentos de testemunhas inocentem investigado]
Entrevistas

Advogado da médica que caiu do 5° andar em Salvador nega que depoimentos de testemunhas inocentem investigado

29 de Julho de 2020

Aloísio Freire também afirmou que acusação já esperava a revogação da prisão preventiva de Rodolfo Lucas

Galeria

[Prefeitura inaugura sexto elevado do BRT]

Prefeitura inaugura sexto elevado do BRT

02 de Setembro de 2020

Ver todas as galerias

Vídeos

[Vídeo: acusado de assassinar William Oliveira, Iuri Sheik explica afirmação de que não estaria arrependido e manda recado para jovens]

Vídeo: acusado de assassinar William Oliveira, Iuri Sheik explica afirmação de que não estari...

21 de Setembro de 2020

Ver todos os vídeos