Bahia

Prefeito de Baixa Grande é punido por desvio de finalidade de recursos do Fundeb

25 de Setembro de 2019 às 10h35 - Por: Redação PNotícias Foto: Reprodução
[Prefeito de Baixa Grande é punido por desvio de finalidade de recursos do Fundeb]

Decisão cabe recurso

Na sessão desta terça-feira (24), o Tribunal de Contas dos Municípios julgou procedente a denúncia contra o prefeito de Baixa Grande, Heraldo Alves Miranda, por  desvio de finalidade de recursos do Fundeb. Foram gastos de forma irregular o montante de R$5.783.483,05, no exercício de 2018, que terão agora que ser devolvidos pelo gestor à conta do Fundeb, com recursos do município. Além disso, o prefeito foi multado em R$5 mil.

O relator do processo, conselheiro substituto Antônio Emanuel de Souza, determinou a formulação de representação ao Ministério Público Federal para que apure a prática de ato de improbidade administrativa decorrente da irregularidade apurada neste termo de ocorrência. 

Foi determinada ainda a representação à Procuradoria-Geral de Justiça, a quem compete o controle de constitucionalidade, para adoção das providências em relação à Lei Municipal nº 353/2018, que “autorizou a concessão de abono excepcional por meio de rateio da verba do Fundeb proveniente do precatório oriundo da diferença do repasse a título de complementação da União ao Município de Baixa Grande no período compreendido entre os anos de 1998 a 2002.”

A Inspetoria Regional do TCM identificou que parte do precatório – R$5.779.826,49 –, correspondente a 45,55% do montante total recebido de R$12.689.763,35, foi destinado ao pagamento de remunerações de servidores ativos, aposentados, falecidos e exonerados integrantes do magistério municipal e respectivo quadro de apoio, a título de vencimentos e abono salarial extraordinário, contrariando a Resolução TCM nº 1.346/2016, posteriormente alterada pela Resolução TCM nº 1.360/2017.

A relatoria considerou irregular a aplicação dos recursos advindos do precatório do Fundef – hoje Fundeb – para essa finalidade, ainda que precedida de lei municipal específica, mas sem apresentação de plano de aplicação dos respectivos recursos e do processo administrativo que expusesse a metodologia e os critérios que, de forma justificável e razoável, embasaram a distribuição de recursos públicos a título de “abono salarial” para servidores ativos, inativos e exonerados, entre os exercícios financeiros de 1998 e 2002.

“A graciosa distribuição de recursos públicos, ainda que a pretexto de pagamento de abono salarial não atende, de per si, aos objetivos maiores pretendidos pela Lei nº 11.494/2007: manutenção e desenvolvimento da educação básica e de valorização dos profissionais da educação”, alertou o conselheiro substituto Antônio Emanuel de Souza.

O Ministério Público de Contas, através do procurador-geral de contas Guilherme Costa Macedo, também opinou pelo conhecimento e procedência do termo de ocorrência, com aplicação de multa ao gestor, ante a realização de indevidos pagamentos custeados com recursos oriundos do Fundeb/precatório, apesar de lastreados na Lei Municipal nº 353/2018, que, no seu entendimento, “além de inconstitucional, viola expressamente o entendimento manifestado pelo TCU sobre a matéria”.

Cabe recurso da decisão. 

Comentários

Outras Notícias

[Número de mulheres que incluem sobrenome do marido no casamento cai 92% na Bahia, diz Arpen]
Bahia

Número de mulheres que incluem sobrenome do marido no casamento cai 92% na Bahia, diz Arpen

01 de Julho de 2022

Futuros casais têm optado pela manutenção dos sobrenomes de família.

[Simm e SineBahia oferecem 295 vagas nesta sexta-feira]
Bahia

Simm e SineBahia oferecem 295 vagas nesta sexta-feira

01 de Julho de 2022

Benefícios e salários variam de acordo com função

[Após escândalo de assédio, funcionários da Caixa protestam na capital baiana]
Bahia

Após escândalo de assédio, funcionários da Caixa protestam na capital baiana

30 de Junho de 2022

‘Todos os dias o sindicato recebe denúncias de várias agências, não só aqui em Salvador, mas também no interior’, afirmou Augusto Vasconcelos

[Gás de cozinha sofre 4º reajuste do ano na Bahia]
Bahia

Gás de cozinha sofre 4º reajuste do ano na Bahia

30 de Junho de 2022

Aumento entra em vigor a partir desta sexta-feira

[Simm e SineBahia oferecem 319 vagas nesta quinta-feira]
Bahia

Simm e SineBahia oferecem 319 vagas nesta quinta-feira

30 de Junho de 2022

Benefícios e salários variam de acordo com função

['Camisinha Tá Na Mão': Distribuição de preservativos em Ilhéus e Itabuna durante o São João]
Bahia

'Camisinha Tá Na Mão': Distribuição de preservativos em Ilhéus e Itabuna durante o São João

29 de Junho de 2022

Iniciativa é da Secretaria da Saúde – Sesab, juntamente com a Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia - Bahiatursa

Galeria

[Prefeitura inicia 4ª etapa de requalificação do entorno do Farol de Itapuã]

Prefeitura inicia 4ª etapa de requalificação do entorno do Farol de Itapuã

24 de Março de 2022

Ver todas as galerias

Vídeos

[Vídeo: clientes são surpreendidos por suspeito armado em restaurante na Pituba]

Vídeo: clientes são surpreendidos por suspeito armado em restaurante na Pituba

11 de Abril de 2022

Ver todos os vídeos