Política

Delegado que prendeu Milton Ribeiro é destituído de área que investiga políticos

29 de Junho de 2022 às 07h33 - Por: Redação PNotícias Foto: Reprodução // IG
[Delegado que prendeu Milton Ribeiro é destituído de área que investiga políticos]

Calandrini deve permanecer à frente das investigações sobre suspeitas de fraudes no MEC

O delegado Bruno Calandrini, chefe do inquérito que investiga suposto tráfico de influência no Ministério da Educação e Cultura (MEC), foi destituído do setor da Polícia Federal responsável por apurar autoridades que possuem foro privilegiado. De acordo com nota divulgada nesta terça-feira (28) pela PF, Calandrini deve permanecer à frente das investigações sobre suspeitas de fraudes no MEC.

Leia também:

SineBahia oferece 270 vagas nesta quarta-feira

Bahia registra 2.624 casos de Covid-19 e mais 5 óbitos

A PF informou que o próprio delegado quem solicitou, ainda em maio, para deixar o cargo que ocupava na Coordenação de Inquérito nos Tribunais Superiores. A substituição foi formalizada no dia 16 de junho, antes da operação que prendeu o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, segundo a PF.

Ainda de acordo com a Polícia Federal, Calandrini vai coordenar a Unidade Especial de Investigação de Crimes Cibernéticos “presidindo trabalhos investigativos sensíveis daquela unidade”.

Bruno Calandrini havia denunciado a colegas da PF, em mensagem interna, que sofreu interferência na execução da operação em que Milton Ribeiro foi detido.

De acordo com o delegado, houve "decisão superior" para que o ex-ministro não fosse transferido para Brasília, conforme determinação judicial emitida na quarta-feira por um juiz federal.

Em virtude da "decisão superior", escreveu Bruno, ele deixou de ter "autonomia investigativa e administrativa para conduzir o Inquérito Policial deste caso com independência e segurança institucional".

"Falei isso ao Chefe do CINQ [Coordenação de Inquérito nos Tribunais Superiores, da Polícia Federal] ontem, após saber que, por decisão superior, não iria haver o deslocamento de Milton Ribeiro para Brasília e manterei a postura de que a investigação foi obstaculizada ao se escolher pela não transferência de Milton a Brasília à revelia da decisão judicial", escreveu o delegado na mensagem.

Segundo Calandrini, foram concedidas a Milton Ribeiro "honrarias não existentes na lei".

"O principal alvo, em São Paulo, foi tratado com honrarias não existentes na lei, apesar do empenho operacional da equipe de Santos que realizou a captura de Milton Ribeiro, e estava orientada, por este subscritor, a escoltar o preso até o aeroporto em São Paulo para viagem a Brasília", escreveu.

Confira abaixo na íntegra a nota divulgada pela Polícia Federal:

"Após tratativas iniciadas ainda no mês de maio do corrente ano, no dia 15/6/2022 houve a movimentação formal do DPF Calandrini para a DRCC/CGFAZ/DICOR/PF, onde irá coordenar a Unidade Especial de Investigação de Crimes Cibernéticos - UEICC presidindo trabalhos investigativos sensíveis daquela unidade.

O próprio servidor manifestou interesse (ainda no mês de maio) em ser movimentado para a nova unidade, para onde irá apenas no mês de julho, permanecendo na presidência da Op. Acesso Pago (IPL do MEC) e outros inquéritos da CINQ/CGRCR/DICOR/PF.

Concomitantemente, foi procedida a movimentação de outro DPF para repor a saída do DPF Bruno Calandrini da CINQ."

Coordenação-Geral de Comunicação Social


Siga o PNotícias no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão.

Comentários

Outras Notícias

[ACM Neto assinou Carta pela democracia, diz assessoria]
Política

ACM Neto assinou Carta pela democracia, diz assessoria

12 de Agosto de 2022

Neto agora se junta a Jerônimo Rodrigues (PT) e Kleber Rosa (Psol) na lista de candidatos que assinaram a carta

[Vice-prefeito de cidade da Bahia morre em acidente de carro]
Política

Vice-prefeito de cidade da Bahia morre em acidente de carro

12 de Agosto de 2022

Conhecido como Rangel, ele foi levado ao hospital mas não se recuperou do acidente

[Caso Gabriel Monteiro: Conselho de Ética aprova cassação de vereador acusado de estupro e outros crimes]
Política

Caso Gabriel Monteiro: Conselho de Ética aprova cassação de vereador acusado de estupro e outros crimes

11 de Agosto de 2022

O caso agora vai para o plenário da Câmara para ser votado na próxima terça-feira (16).

[Candidato a vice de Bolsonaro, Braga Netto recebeu quase R$ 1 milhão em dois meses, durante auge da pandemia]
Política

Candidato a vice de Bolsonaro, Braga Netto recebeu quase R$ 1 milhão em dois meses, durante auge da pandemia

11 de Agosto de 2022

Só de férias, foram R$ 120 mil pagos ao general em um único mês

[Senado aprova acúmulo de saldo de telefonia não utilizado]
Política

Senado aprova acúmulo de saldo de telefonia não utilizado

11 de Agosto de 2022

Projeto segue para votação na Câmara

[Lula utiliza colete à prova de balas em todo evento público que participa]
Política

Lula utiliza colete à prova de balas em todo evento público que participa

11 de Agosto de 2022

Além disso, petista não tem aceito comida por receio de envenamento

Galeria

[Prefeitura inicia 4ª etapa de requalificação do entorno do Farol de Itapuã]

Prefeitura inicia 4ª etapa de requalificação do entorno do Farol de Itapuã

24 de Março de 2022

Ver todas as galerias

Vídeos

[Vídeo: clientes são surpreendidos por suspeito armado em restaurante na Pituba]

Vídeo: clientes são surpreendidos por suspeito armado em restaurante na Pituba

11 de Abril de 2022

Ver todos os vídeos