Artigos

Artigo: no luto lutamos

23 de Setembro de 2020 às 17h00 - Por: Padre Alfredo Dórea e Brisa Dorea * Foto: Arquivo pessoal
[Artigo: no luto lutamos]

Garantir vida, saúde, tratamento e promover a aprendizagem de forma remota eram algo nunca imaginado

A Instituição Beneficente Conceição Macedo - IBCM, que há 36 anos convive com a pandemia do HIV, enfrenta a atual crise sanitária e política como um novo desafio: garantir a vida e proteção integral às 74 crianças, de 02 a 05 anos, vivendo e convivendo com o HIV AIDS, assistidas na creche que suspendeu suas atividades em 18.03.2020.

Estar em casa, para essas crianças, não implica necessariamente estar em proteção; mais representa ínfimo espaço físico, aglomerado de pessoas, pouco estímulo para brincar e se desenvolver e uma rotina bem distante das reais necessidades infantis. A figura paterna é grande ausente e a numerosa prole está aos cuidados de mães chefes de família, sem renda fixa e hoje, na sua quase totalidade, desempregadas. Lavar as mãos só é possível nos raros dias em que há água nas torneiras. As máscaras hoje usadas foram disponibilizadas pela IBCM, mas as cinco refeições, antes recebidas diariamente na creche, agora se reduz ao almoço entregue em domicílio pela incansável equipe interdisciplinar da Instituição.

Garantir a vida, a saúde, o tratamento, e promover a aprendizagem de forma remota eram algo nunca imaginado.
Decretada a quarentena e o isolamento, equipe e famílias se uniram com grande solidariedade, para construir alternativas ao desemprego, a exclusão social, garantir a continuidade do tratamento com os antirretrovirais, oferecer cuidados e conteúdos lúdicos pedagógicos para as crianças “confinadas” em suas casas.
 
Desde Março, todas as 74 crianças recebem diariamente ligações telefônicas, chamadas de vídeo, visitas e refeições, preparadas na creche e entregues pela equipe em seus domicílios. Encontros recheados de emoção, de parte a parte, com a participação ativa dos familiares.
A equipe tem dado o mel do seu melhor: toda dedicação e empenho para mitigar os impactos da pandemia e do isolamento. Amores revertidos em vídeo aulas com canções e teatro, atividades de construção de brinquedos, leituras, recontos, desenho e pintura... experiências diversas e marcantes.

Somado a isso, o olhar delicado de assistência às famílias, todas elas em extrema vulnerabilidade e hipossuficiência econômica. A elas são garantidas mensalmente cestas básicas, entregues regularmente pela Secretaria de Educação do Município, acrescidas, pela IBCM, com itens de higiene, limpeza e EPIs. Mais de 300 livros infantis foram lidos com as crianças; uma média de 5 por família.

E não para por aí...90% das atividades pedagógicas são realizadas e entregues no prazo previsto. 100% das pessoas cuidadoras respondem aos chamados da instituição e participam ativamente das atividades. A crise nos possibilitou reconhecermo-nos como uma grande família enfrentando juntos os desafios da pandemia, com especial atenção aos mais vulneráveis e vitimizados: as crianças. E a onda solidária da família IBCM alcançou também idosos, população em situação de rua e profissionais do sexo em extrema vulnerabilidade. Todos igualmente alcançados pela rede solidária.
O leve aceno da possibilidade de retorno das atividades já colocou em alerta a família IBCM; equipe técnica e familiares projetam adequações necessárias e factíveis para uma prevenção que contemple a todos e todas, sempre priorizando as crianças e os mais vulneráveis.

Pari passu o espaço físico da creche se prepara para receber de volta crianças e familiares, que juntos com a equipe interdisciplinar há de continuar garantido proteção integral e vida de qualidade a um público ainda, lamentavelmente,  invisível para muitos.

A IBCM vive de doações que podem ser feitas na sua sede, à rua Santa Clara do Desterro, 85, tel 34509759 ou numa das contas disponíveis no instagram @crecheibcm.
 
* Padre Alfredo Dórea é arcebispo da Igreja Anglicana Tradicional do Brasil. Graduado em filosofia e teologia. Mestre pela Universidade Gregoriana de Roma. Atua no diálogo interreligioso, combate às violências, discriminações e preconceitos, defesa dos direitos humanos e das pessoas mais vulneráveis e empobrecidas, sobretudo as que vivem com o HIV/AIDS.

* Brisa Dorea é Educadora Social Voluntária na IBCM Professora de Matemática na rede particular mestranda em Educação Global e idealizadora da Eclodir Educação.

Comentários

Outras Notícias

[Artigo: HealthTech]
Artigos

Artigo: HealthTech

22 de Outubro de 2020

Pandemia acentua trabalho de profissional que atua no aconselhamento em saúde através dos meios digitais

[Artigo: Assédios]
Artigos

Artigo: Assédios

14 de Outubro de 2020

As estatísticas passarão qual boiada, conforme determine a gerencia de plantão

[Artigo: negra Aparecida]
Artigos

Artigo: negra Aparecida

07 de Outubro de 2020

É em plena escravidão do povo negro que a negra Aparecida se revela como o rosto negro de Deus para o povo brasileiro  

[Artigo: “Tem gente perto demais de Deus” (ouvindo a canção de Chico César)]
Artigos

Artigo: “Tem gente perto demais de Deus” (ouvindo a canção de Chico César)

30 de Setembro de 2020

Dizem tantas abobrinhas e atrocidades em nome de Deus, que confundem a cabeça de qualquer crente

[Artigo: a peste]
Artigos

Artigo: a peste

16 de Setembro de 2020

Lamentável perceber, que duas décadas depois a AIDS ainda encontra quem a rotule como doença maligna

[O médico-veterinário também cuida de você]
Artigos

O médico-veterinário também cuida de você

09 de Setembro de 2020

Altair Santana de Oliveira, presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia, fala sobre a garantia de saúde para a humanidade

Galeria

[Prefeitura inaugura sexto elevado do BRT]

Prefeitura inaugura sexto elevado do BRT

02 de Setembro de 2020

Ver todas as galerias

Vídeos

[Vídeo: confira como deve ficar tráfego da Av. ACM a partir deste sábado (10)]

Vídeo: confira como deve ficar tráfego da Av. ACM a partir deste sábado (10)

09 de Outubro de 2020

Ver todos os vídeos